A partir de hoje, dia 26 de janeiro, o Google Assistant vai começar a perder 17 funcionalidades. A decisão, anunciada no início do mês, enquadra-se num conjunto de mudanças que a gigante de Mountain View está a fazer ao seu assistente inteligente.

De acordo com a Google, durante o período de mudança, os utilizadores poderão receber notificações que alertam para o fim da disponibilidade das funcionalidades visadas.

Que funcionalidades do Google Assistant vão desaparecer? 

  • Reproduzir e controlar audiobooks do Google Play Books por voz
  • Configurar vários tipos de alarmes em equipamentos com suporte ao Google Assistant
  • Gerir e aceder a receitas, incluindo em vídeo, através do assistente
  • Gerir temporizadores em ecrãs ou colunas inteligentes
  • Usar comandos de voz para fazer chamadas ou enviar mensagens para grupos do  Google Family
  • Usar comandos de voz para enviar emails, vídeos ou mensagens de áudio
  • Reagendar eventos no Google Calendar através de comandos de voz
  • Usar o App Launcher no Google Assistant durante o modo de condução no Google Maps para ler e enviar mensagens ou fazer chamadas.
  • Pedir ao assistente para agendar ou listar anúncios da funcionalidade Family Bell
  • Pedir ao assistente para iniciar uma sessão de meditação com a app Calm
  • Wearables como o Fitbit Sense e Versa 3 perdem suporte a atividades controladas por voz
  • Aceder a resumos do sono só será possível através dos Smart Displays da Google
  • Chamadas feitas a partir de colunas e ecrãs inteligentes só aparecerão com indicação de quem a está a realizar através do Google Duo
  • Aceder a estimativas de tempo através dos Smart Displays da Google
  • Pedir ao Google Assistant para verificar informação sobre itinerários de viagem
  • Pedir informação sobre contactos
  • Usar comandos de voz para pedir que o assistente realize ações como enviar pagamentos, fazer reservas ou publicações nas redes sociais.

Para a Google, o objetivo da mudança é focar na qualidade e dar prioridade às experiências que as pessoas preferem, para que o seu assistente inteligente seja mais "prestável" e mais fácil de usar nos dispositivos em que é suportado.

Google tem planos para cortar mais postos de trabalho ainda este ano
Google tem planos para cortar mais postos de trabalho ainda este ano
Ver artigo

Recorde-se que, com as mudanças, deixa também de ser possível usar o ícone do microfone para pedir ao Google Assistant que realize determinadas ações, como acender as luzes ou enviar mensagens. Além disso, agora, quando toca no ícone do microfone na app, receberá apenas resultados de pesquisa no Google relativos às questões que colocou.

A divisão do Google Assistant foi uma das afetadas na recente vaga de despedimentos na gigante tecnológica. Ao que tudo indica, a gigante tecnológica pode avançar com mais despedimentos ao longo deste ano.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.