Marcas de moda e lojas de roupa online incentivam muitas vezes os consumidores a descarregarem as aplicações oficiais, em vez de apelarem ao “normal” recurso ao site. Há inclusive quem inicie os saldos mais cedo nas apps ou ofereça descontos exclusivos face às outras plataformas. Mas o que está por detrás de tal estratégia? A recolha de vários tipos de dados dos utilizadores, alguns com pouco sentido.

A provar que não há almoços grátis, a recolha de informação excessiva parece ser uma caraterística generalizada entre grande parte das aplicações de compras na área da moda, segundo um estudo da Incogni, sobre práticas de privacidade que levam os clientes a divulgarem muito mais do que deveriam, como a orientação sexual e informações de saúde.

Entre as 180 apps de moda analisadas, 156 recolhem algum tipo de dados, o que será normal dado que a compra necessita, normalmente de informação de contacto para notificações e endereço para entrega, por exemplo. Mas em média estas apps recolhem 11,5 tipos de dados, uns só para si próprias e outros que partilham com terceiros.

O relatório aponta que 45 das apps abrangidas chegam a recolher fotos, 12 recolhem vídeos, nove registam o histórico de pesquisa e seis recolhem informações sobre orientação sexual.

Entre as aplicações mais populares (por avaliação), a Nike e a H&M recolhem o maior número de tipos de dados, incluindo fotos e vídeos e até mensagens.

Clique nas imagens  para mais informação sobre o estudo

O relatório indica que apps como a PUMA, Under Armour, The North Face e H&M partilham uma quantidade preocupante de dados sensíveis com terceiros para fins de publicidade e/ou marketing.

O maior género de dados de clientes é registado e partilhado pelas aplicações mais populares na Oceânia (15,9 e 8,7 tipos de dados, respetivamente), Europa (14,2 e 9 tipos de dados) e América do Norte (12,3 e 8,1 tipos de dados).

Em Portugal, as apps apontadas no relatório da Incogni como as que recolhem mais tipos de dados dos utilizadores são a Vinted, Voghion, Nike, H&M e Shein, respetivamente, 21 tipos de dados, 19, 18 (Nike e H&M) e 17. Já entre as que partilham mais essa informação com terceiros estão a Voghion (19), a H&M (11), a Shein (11) e a Vinted (10).

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.