O mercado dos tablets não está fácil para as tecnológicas. Além de ser um segmento com pouca margem de lucro, como as empresas têm vindo a alertar, as vendas têm caído trimestre após trimestre. Isto porque as pessoas não renovam um tablet tão depressa como renovam um smartphone e porque os próprios telemóveis estão a canibalizar os tablets, salientam as consultoras.

As marcas têm tentado diversificar e os Yoga da Lenovo, os Surface da Microsoft e mais recentemente o iPad Pro da Apple são o melhores exemplos de tentativas de destaque. Agora aparece a Amazon a ser mais agressiva onde parece menos provável: no preço.

O Amazon Fire é um tablet que custa 59,99 euros - preço da loja espanhola. Não é o primeiro tablet a “roçar” os preços low-cost, mas é o primeiro de uma grande tecnológica a chegar assim, super-acessível, ao mercado.

E não só desafia a lógica do mercado, como é uma declaração de desafio para o que as outras tecnológicas estão a fazer.

O Fire tem um ecrã de sete polegadas com uma resolução de 1.024x600 píxeis, processador de quatro núcleos a 1,3Ghz, 1GB de memória RAM, 8GB de armazenamento interno e sensor fotográfico de dois megapíxeis.

Pelas especificações o tablet não parece ideal para funções de produtividade, mas esse não é o objetivo da Amazon: consumo de conteúdos é a estratégia da empresa liderada por Jeff Bezos.

Acesso à Amazon App Store com milhões de aplicações e acesso aos livros daquela que é uma das maiores vendedoras do mundo, são alguns trunfos nesta área. Noutros países há também acesso a vídeo, mas para os consumidores portugueses isso não conta na equação.

O Amazon Fire vem ainda com a mais recente versão do Fire OS, o sistema operativo da tecnológica que é baseado no Android. A versão “Bellini”, como é conhecida, transforma o interface para dar mais destaques aos conteúdos.

Agora só os próximos meses dirão se a tentativa de apostar sobretudo no preço é suficiente para ajudar na recuperação do mercado dos tablets ou se atualmente os consumidores procuram soluções mais completas e dinâmicas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.