As suspeitas de que a Apple pode estar mesmo interessada em lançar um produto com estas características resultam agora dos dados constantes de uma patente registada pela empresa.



O pedido de patente submetido pela fabricante do iPhone pretende registar o conceito de um dispositivo eletrónico flexível. No detalhe da informação, revelada pela imprensa norte-americana, explica-se que o objetivo é criar um dispositivo eletrónico com um ecrã flexível, que possa ser dobrado, apertado e deformado sem que os componentes internos fiquem danificados.



Recorde-se que uma das polémicas associadas ao lançamento das últimas versões do iPhone foi precisamente a queixa de que um dos modelos, o iPhone 6 Plus, dobrava. Nas semanas que se seguiram ao lançamento do smartphone foram publicadas na Internet centenas de fotos e vídeos a demonstrar esta "capacidade" do equipamento.





A combinação entre o tamanho e a espessura do modelo foi apontada como a razão mais provável para um fenómeno que a Apple não quis criar, pelo menos naquela altura. Num futuro próximo pode ser diferente.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.