As novidades a partir do Steve Jobs Theater, em Cupertino, começaram com a apresentação da nova geração do Apple Watch. Na sua Series 4, o relógio inteligente surge com várias melhorias, nomeadamente em versões de ecrã 32% maior na proposta de 40mm e 35% maior na de 44mm, “com roubos mínimos à case”.  As margens do dispositivo estão mais pequenas e o ecrã funde-se mais com o metal lateral. “Estamos a levar o Apple Watch para o próximo nível”, referiu-se. "Foi tudo redesenhado e alvo de reengenharia”.

Há novas interfaces que colocam à disposição do utilizador "mais informação, com mais pormenor". Os mostradores são personalizáveis e adequam-se às atividades do utilizador. Em termos gerais, o design não mudou.

A estrutura emite sinais hápticos e os altifalantes foram melhorados. A traseira é feita de cerâmica preta e vidro. A Apple sublinha que isto permite um melhoramento ao nível da receção de sinais celulares, o que deverá potenciar chamadas mais estáveis. O processador é dual-core e tem 64 bits.

O smartwatch conta ainda com um acelerómetro e um giroscópio "mais rápidos". Estes novos sensores são capazes de detetar quedas do utilizador, e emitem alertas.

Vai estar disponível para encomenda a partir desta sexta-fera e nas lojas a 21 de setembro e no conjunto de 26 primeiros mercados que recebem as novas versões está Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.