Depois da introdução do sistema biométrico facial no iPhone X, Ming-Chi Kuo, analista da KGI, afirma esta semana que a Apple tem intenções de implementar a tecnologia no seu próximo tablet. O especialista acredita que a empresa vai equipar o próximo iPad Pro com uma câmara de tecnologia TrueDepth e, por consequência, o novo Face ID.

O sistema, que permite aos utilizadores certificarem a sua identidade no mais recente telemóvel da Apple, pode assim uniformizar a experiência do cliente entre dois segmentos de produto, ficando, em cima da mesa, uma expansão aos computadores.

Se o novo iPhone X determinar o padrão estético e funcional da marca para os próximos anos, também não será descabido afirmar que a gigante de Cupertino pode mesmo vir a eliminar o leitor de impressões digitais dos seus equipamentos, dando-lhe o mesmo destino que foi dado à entrada dedicada para auscultadores. No entanto, com esta supressão, poderá vir o benefício de um hipotético aumento do tamanho dos displays nos seus telefones e tablets.

Apple materializa forte aposta na realidade virtual e na realidade aumentada
Apple materializa forte aposta na realidade virtual e na realidade aumentada
Ver artigo

Apesar desta última teoria ainda não reunir muitos apoiantes, a introdução do Face ID nos próximos iPads poderá vir a acontecer já em 2018, aquando do lançamento dos próximos tablets da marca, em 2018.

Recorde-se que a Apple se tem revelado focada no desenvolvimento da área da realidade aumentada e que tem vindo a introduzir os seus equipamentos no caminho destas funcionalidades. A introdução de uma câmara TrueDepth num tablet iria permitir uma articulação mais apurada entre o mesmo e as aplicações existentes no segmento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.