Precisar da palavra-passe da conta iTunes associada para reiniciar um equipamento Apple é um elemento desencorajador para roubos. Atualmente quase de nada vale roubar um iPhone ou um iPad pois torna-se difícil conseguir libertá-los da antiga conta do utilizador.

Era esperado que a Apple aplicasse o mesmo esquema no Apple Watch - sabendo por exemplo que existem modelos que custam mais de 15 mil euros. Mas parece que a tecnológica de Cupertino não tomou as devidas precauções a este nível.

Um dos elementos do site iDownloadBlog descobriu que é possível restaurar o Apple Watch aos valores de fábrica sem ser necessária a password do utilizador. Desta forma qualquer pessoa que tenha acesso a um relógio pode “limpá-lo” e usá-lo como seu.

O segredo está em carregar durante alguns segundos na opção de Power Off que traz a opção de reset do relógio. O Apple Watch tem um sistema de segurança chamado “detetor de pulso” que pede o código de desbloqueio do equipamento quando deteta que o equipamento deixa de estar no braço do utilizador. Mas de nada vale enquanto esta falha estiver ativa.

Até ao momento da publicação a Apple ainda não tinha reagido publicamente aos factos sobre a falha de segurança no Watch.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.