Arrancaram esta sexta-feira as vendas deste que é o lançamento mais robusto e completo da linha Note, criado para equilibrar a vida profissional e pessoal de uma forma fácil e fluida. São três os modelos que chegam agora às lojas de norte a sul do país, um Note 10 “normal”, o Note 10 + (maior e com sistema de câmaras quádruplo) e uma versão 5G, que não foi lançada em Portugal visto que a rede ainda não está disponível no país.

A manter a tradição de toda a linha, os valores do Galaxy Note 10 são elevados. Os preços do mais recente modelo da linha Note variam entre os 979,90 euros para o Note 10 e os 1.129,90 e 1.229,90 para o Note 10 +, consoante a escolha recaia num modelo de 256 ou 512 GB de armazenamento.

No site, a Samsung fala num “nível de desempenho superior”, ao conjugar um computador, uma consola de jogos, um estúdio de cinema e uma caneta inteligente, num único dispositivo. As primeiras impressões que o SAPO TEK obteve na sua apresentação estão em linha, mas em breve será apresentado o veredito na sua análise. A marca garante também uma combinação de aço inoxidável e vidro com polimento de alto brilho, num design com 7,9 mm.

A lógica é a mesma que foi aplicada no S10, apresentado no início do ano, dando mais opções aos utilizadores que querem optar entre duas dimensões diferentes de ecrã, um de 6,3 polegadas e outro de 6,8 polegadas reforçando as características de uma versão “plus” em termos de capacidade de câmara fotográfica e de armazenamento.

Samsung Galaxy Note 10+ 5G assume o topo da tabela da DxOMark na qualidade fotográfica
Samsung Galaxy Note 10+ 5G assume o topo da tabela da DxOMark na qualidade fotográfica
Ver artigo

Mais opções, mais capacidade de processamento, baterias de carregamento mais rápido, mas sobretudo mais funcionalidades de produtividade e criatividade – com melhor aproveitamento da S Pen – fazem a diferença no novo topo de gama da linha Note da Samsung. No início de agosto, o SAPO TEK já tinha tido oportunidade de experimentar os dois modelos e na altura explicou-lhe os detalhes dos smartphones.

Em comunicado, José Correia, gestor de produto da Samsung na Península Ibérica, considera que a gama Galaxy Note10 é uma evolução da série, que sempre "ajudou os seus clientes de toda a Europa a perseguir as suas paixões e alcançar os seus objetivos". Por isso, garante que estes modelos agora lançados permitem aos consumidores "levarem a sua produtividade e criatividade ao próximo nível”.

E no mesmo dia em que a espera acaba em todo o mundo, a especialista em reparações iFixit anunciou as conclusões da sua análise, feita com o objetivo de compreender se o equipamento premium da empresa, o Samsung Galaxy Note 10+ 5G é de reparação fácil. De 0 a 10, a nota dada foi um 3, uma vez que o equipamento está longe de ser fácil de desmontar e trocar os seus componentes, embora os mesmos sejam modelares e possíveis de serem trocados, de acordo com a empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.