Os gadgets usáveis parecem ser o próximo campo de batalha das grandes marcas tecnológicas. Depois de terem surgido rumores de que a Apple e a Samsung estão a preparar relógios inteligentes, nas últimas horas surgiram informações não confirmadas de que a Google e a LG também querem entrar neste mercado.

O jornal Korea Times adianta que a empresa sul-coreana está a preparar além do relógio um outro dispositivo, semelhante ao Google Glass. O gadget de pulso poderá vir alegadamente equipado com Firefox OS ou com uma versão personalizada do Android.

E é teoricamente a equipa do sistema operativo móvel da Google quem está a desenvolver o smartwatch da empresa de Mountain View. Segundo o Financial Times o facto de ser a equipa do Android responsável pelo desenvolvimento do equipamento significa que a integração com os smartphones é uma das vertentes asseguradas e é também sinónimo de um avançado estado de maturação do produto.

Os denominados gadgets de pulso não podem no entanto ser considerados como verdadeiros equipamentos revolucionários, pelo menos no conceito. Em 2009, a LG que agora figura na lista de rumores dos smartwatches de nova geração, apresentou o GD910 watchphone, um relógio que incorporava Bluetooth, suporte para chamadas de voz e ligações até 7Mbps.

A Sony é uma das fabricantes que já disponibiliza um dispositivo inteligente usável e ainda durante esta semana lançou uma nova atualização de software para o Sony Smartwatch.

Existem também outros gadgets de pulso como o FuelBand da Nike, o Jawbone UP e o Pebble Smartwatch.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.