O iPhone 6 e 6 Plus ainda não chegou à China devido a questões regulamentares, que impõem a aprovação pelo Governo de novos modelos, antes que estes possam ser comercializados. A autorização foi obtida esta semana - a Apple confirmou-o na última terça-feira - e desde então as lojas começaram a receber reservas para os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus.



A imprensa local, citada pela Fortune, adianta agora que existem já quatro milhões de reservas para os novos modelos, um número que pode não se traduzir completamente em vendas (são pré-reservas e não pré-encomendas), mas que não deixa de ser surpreendente. Só a Jingdong, um site de comércio eletrónico, terá já acumulado 2,3 milhões de reservas.



Notícias publicadas esta quinta-feira indicavam que nas primeiras seis horas retalhistas e operadores tinham acumulado dois milhões de reservas.



O iPhone 6 e 6 Plus chegou às primeiras lojas a 19 de setembro, no primeiro conjunto de mercados selecionados pela Apple. Uma semana depois a comercialização estendeu-se a mais países. Foi aliás nesta altura que chegou a Portugal.



Os novos iPhone só começam a ser vendidos na China a 17 de outubro. As reservas nos canais da marca só avançam no dia 10 de outubro.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.