O tamanho do equipamento é pequeno, mas isso não impede que as expectativas da empresa sejam muito altas. Fala-se da Toshiba e do Encore Mini, de sete polegadas, que vai chegar ao mercado português durante o quarto trimestre e ainda antes do Natal. Com um preço que pode variar entre os 129 e os 150 euros - ainda não está definido -, o equipamento apresenta-se como uma séria alternativa a outros tablets Windows e mesmo aos tablets Android.

Em primeiro lugar porque vem equipado com a versão Windows 8.1 Bing - apesar da integração do motor de busca da Microsoft, o sistema operativo é completo e permite instalar aplicações desktop. Pode, por exemplo, instalar leitores multimédia e outros programas sem ter de recorrer à loja do Windows.

A potência do tablet não vai permitir no entanto explorar programas mais "pesados" como editores de vídeo ou jogos desktop - o processador é um Intel Atom de quatro núcleos e a memória RAM fica em 1GB. Mas não deixa de ser uma mais valia ter a opção desktop num tablet, nem que seja para uma situação de desenrasque.

Depois a Toshiba e a Microsoft estão a apetrechar o equipamento com várias ferramentas: Office 365 durante um ano, um terabyte de armazenamento no OneDrive durante um ano e 60 minutos de chamadas no Skype.

O executivo responsável pela liderança da Toshiba Portugal e Espanha, Jorge Borges, admitiu num encontro com a imprensa que as expectativas da empresa para este novo equipamento são grandes. "Tem condições para ser o tablet Toshiba mais vendido de 2015", apontou o porta-voz.

A crença no dispositivo é tal que as sucursais ibéricas "bateram o pé à casa mãe", revelou Jorge Borges, para que o equipamento viesse para Portugal e Espanha. No roteiro original estavam apenas contemplados países como a França, Reino Unido e Alemanha.

A Toshiba admite que o mercado dos tablets nem sempre é o mais confortável, pois é muito exigente ao nível de negócio - o preço médio dos equipamentos tem vindo a decair anualmente. Para Jorge Borges o importante é garantir a sustentabilidade do negócio e não apostar em máquinas que vão trazer prejuízo à tecnológica.

Pelo preço agressivo e pela "oferta" de ferramentas de produtividade, o Encore Mini pode acabar por ser uma aposta certa por parte da Toshiba. Resta saber como vão responder os consumidores portugueses e espanhóis ao equipamento.

Rui da Rocha Ferreira


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.