A conclusão é da Piper Jaffray num estudo que sugere que os gadgets e a comida, em vez das peças de vestuário, são os artigos onde os adolescentes preferem gastar o seu dinheiro. Mostrar marcas, mas agora de restaurantes frequentados e dispositivos eletrónicos é a tendência.

Quando compram, os consumidores mais jovens procuram gadgets, em vez de roupa. "Os acessórios de moda já não são a primeira escolha", referem os responsáveis pelo estudo, citado pelo International Business News, acrescentando que os adolescentes olham para os dispositivos eletrónicos como algo popular, e não pela sua utilidade.

E claro que os gadgets têm de ser o mais recentes possível. Ter um iPhone 4, por exemplo, é considerado o limiar da vergonha.

A preferência pelos produtos da Apple é documentada num outro estudo recente, igualmente da Piper Jaffray que indicava que 61% dos adolescentes norte-americanos tinha iPhone, valor que mostra uma subida de 13% face ao ano passado. Além disso, 67% dos inquiridos afirmava que o seu próximo telefone também iria ser um iPhone.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.