A partir de hoje, 26 de maio, os consumidores portugueses já podem encontrar o LG G4, tanto no retalho como nas operadoras de telecomunicações. O preço varia também de acordo com o acabamento traseiro do modelo que escolher, pelo que estes são os valores referência:

LG G4 cerâmica ou metal no mercado livre: 699 euros;
LG G4 cerâmmica ou metal nas operadoras: 599 euros;
LG G4 pele no mercado livre: 749 euros;
LG G4 pelo nas operadoras: 649 euros;

De destacar que neste momento ao nível das operadoras de telecomunicações o smartphone estará disponível no Meo e na Vodafone, sendo que com a NOS a LG Portugal ainda está em fase de negociações.

Além de manter a LG na corrida pelo título de melhor smartphone do mercado, o G4 vai também ser instrumental na estratégia da subsidiária portuguesa no mercado mobile. "A nossa estratégia passa por melhorar as vendas nos segmentos premium", salientou o diretor de operações da LG Portugal, Ruy Conde, durante a apresentação do novo smartphone.

"É o smartphone mais ambicioso que alguma vez apresentamos", destacou Ruy Conde.

O LG G4 tem um ecrã de 5,5 polegadas com uma resolução de 2.560x1.440 píxeis, processador Snapdragon 808 de seis núcleos, 3G de memória RAM, 32GB de armazenamento interno e um sensor fotográfico de 16 megapíxeis com uma abertura de F/1.8. Veja aqui outras imagens do novo smartphone.

O objetivo da LG é fazer com que os dispositivos móveis continuem a ter um peso importante na ação da empresa em Portugal - neste momento representa 25% da faturação interna. A título de exemplo do bom momento que a LG atravessa em terras lusas são os quase 300 mil smartphones vendidos no ano passado.

Nota de redação: corrigidos os valores dos smartphones no mercado livre e de operadoras de telecomunicações

Rui da Rocha Ferreira


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.