A LG não vai ser a empresa escolhida para a construção do próximo equipamento Nexus em parceria com a Google. A tecnológica considera que a experiência do Nexus 4 deu resultados muito positivos sobretudo a nível de marketing para a marca, mas que não é uma aventura para repetir.

Em entrevista à publicação holandesa All About Phones, o vice-presidente europeu da LG para a área mobile, Kim Wong, afastou a empresa sul-coreana da Google ao revelar uma parte dos planos para o que ainda resta do ano.

Além do "Nexus 5", fica de parte a hipótese de a LG lançar uma versão com puro Android do LG Optimus G Pro já que na opinião de Kim Wong, um telemóvel sem a customização da marca perde valor para a empresa.

O vice-presidente referiu ainda que o duopólio Google-Apple que se tem construído em todo o mundo não é saudável para o mercado e a pensar nisto a LG vai lançar em 2013 smartphones com outros sistemas operativos. A tecnológica sul-coreana faz parte da aliança do Firefox OS, mas também existe a possibilidade de olhar para outras plataformas móveis como o recente Ubuntu.

A empresa não está contudo numa guerra aberta com a Google. As duas partes continuam a ser parceiras e o sistema operativo Android vai dar "vida" ao novo tablet que a LG vai lançar em breve no mercado.

[caption]Nexus 4[/caption]

A LG ainda está a trabalhar ativamente na parceria Nexus 4 da Google e anunciou que nas próximas semanas vai disponibilizar em todo o mundo uma versão branca do smartphone que construiu em parceria com a gigante dos motores de busca. Ficou por confirmar se o Nexus 4 branco também vai ficar à venda no Google Play ou se apenas chegará às lojas de retalho.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.