A Nothing fechou com sucesso uma ronda de financiamento de 70 milhões de dólares, um investimento que vai servir para acelerar o desenvolvimento da linha de produtos da empresa e operacionalizar o novo centro de design da startup em Londres.

A Nothing apresentou o seu primeiro produto em agosto do ano passado, uns auriculares sem fios neutros em emissões de carbono, posicionando-se como uma empresa de produtos e serviços conectados para o mercado de consumo, que aposta num design diferenciado. Nos últimos meses foram vendidas 400 mil unidades dos ear (1), que também são comercializados em Portugal.

A empresa anunciou também para o dia 23 de março um evento onde promete detalhar planos sobre as novidades que quer apresentar em 2022 e onde vai anunciar uma nova ronda de financiamento aberta à comunidade. O evento é virtual e o registo para participar pode ser feito através do site da empresa.

A mais recente ronda de financiamento da Nothing foi co-liderada pela EQT Ventures e pela C Ventures, contando ainda com a participação de outros intervenientes. Na lista de investidores da Nothing estão nomes como a GV, antiga Google Ventures e algumas personalidades de referência da indústria, como Tony Fadell, diretor da Future Shape e inventor do iPod, Kevin Lin, co-fundador de Twitch ou Steve Huffman, co-fundador e CEO de Reddit.

Auriculares Nothing Ear (1) chegam a Portugal por 99,90 euros
Auriculares Nothing Ear (1) chegam a Portugal por 99,90 euros
Ver artigo

Com esta nova ronda série B, a Nothing aumenta para 144 milhões de dólares o investimento já captado. A primeira ronda de financiamento foi assegurada pela comunidade (via CrowdCube) e entregou à empresa 1,5 milhões de dólares. Para reunir o primeiro milhão foram necessários apenas 54 segundos.

A empresa diz agora que estão reunidas condições para criar novas categorias de produtos - para juntar aos ear (1) que pode ver nas fotos - e explica que esse trabalho será feito em colaboração com a Qualcomm e a sua plataforma Snapdragon.

"Com esta ronda de financiamento, temos o combustível para realizar a próxima fase da nossa visão de um futuro digital harmonioso", destaca Carl Pei, CEO e cofundador da Nothing, que foi também um dos co-fundadores da OnePlus.

Citado em comunicado, o responsável refere ainda que está “grato pelo apoio da nossa comunidade e dos investidores. O nosso primeiro ano foi de preparação e mal podemos esperar para revelar o que estamos a construir na Nothing, no evento que se aproxima".

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.