A fasquia está elevada para a Huawei, não apenas devido à concorrência fervorosa de outros fabricantes, nesta reta final do ano, mas porque a própria marca chinesa já tem no seu catálogo o P20 Pro, um dos melhores equipamentos de 2018. E no ano transato, também o Mate 10 Pro destacou-se, sendo elogiado por especialistas e utilizadores. A versão Lite do Mate 20 chegou no final de setembro, com um alinhamento de hardware direcionado ao mercado de gama média. As suas principais características são as suas quatro câmaras (três traseiras e uma frontal) com funcionalidades assistidas por inteligência artificial.

Uma das certezas do Mate 20 Pro é que estreará o novo processador Kirin 980, anunciado durante a última IFA, considerado o primeiro chipset de 7nm para mobile. Na altura, o CEO da Huawei, Richard Yo, referiu que a nova tecnologia aumenta em 135% a capacidade de processamento, dando ainda um grande contributo à inteligência artificial, que será capaz de reconhecer 4.500 fotografias por minuto.

Nas restantes especificações técnicas, o dispositivo poderá ter configurações de 6/8 GB de RAM e armazenamento de 128/256/512 GB. O equipamento deverá suportar Bluetooth 5.0 e terá uma bateria de 4.200 mAh, o que lhe daria uma autonomia impressionante, suportado por carregamento rápido.

As primeiras imagens demonstrativas destacaram as três eventuais cores do smartphone: Twilight, preto e azul, com os especialistas a considerarem que a tampa traseira será texturada. Outro rumor indica que terá um ecrã “infinito” OLED de 6,9 polegadas, molduras finas na parte superior e inferior, cantos arredondados e um notch muito semelhante ao iPhone X. Terá ainda um sensor biométrico de impressões digitais no próprio visor, tecnologia semelhante ao modelo especial Porsche Design Huawei Mate RS.

Pelas imagens que circulam associadas ao dispositivo, na parte traseira encontra-se um módulo quadrado com três câmaras e um flash, arrumados geometricamente como se fosse o lado de um dado (com quatro pintas).

Como pode ver na galeria, outras imagens centram-se num sistema de auscultadores sem fio, “inspirado” nos AirPods da Apple chamados Freebuds 2 Pro, vendidos em separado. Segundo os rumores, as suas baterias poderão ser recarregadas através do próprio smartphone via wireless. Além disso, poderão suportar áudio de alta resolução, Google Assistant, e trabalharem com inteligência artificial para melhorar a redução de ruído. Ainda segundo o site alemão Winfuture, o microfone dos auscultadores poderá utilizar indução de osso para uma captura mais eficaz da voz.

Todas as informações devem ser consideradas como rumores, visto que apenas amanhã o novo smartphone será oficialmente revelado. No entanto é possível que grande parte da informação venha a bater certo, como é habitual.

No que diz respeito ao Mate 20, as imagens mostram uma configuração do notch minimalista, com uma câmara. O sensor de impressões digitais foi remetido para a parte traseira, debaixo da mesma configuração das câmaras da versão Pro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.