A Samsung colocou os seus novos modelos de smartphones dobráveis, o Galaxy Z Fold3 5G e o Z Flip 5G, em agosto nas lojas, mas acaba de lançar uma nova campanha de promoção que promete ser diferenciadora: um novo documentário em formato web-series criado pela Samsung Portugal. “Quando a vontade de fazer diferente é maior do que o conforto de fazer igual, o futuro abre-se aos nossos olhos” é o mote que serve de tema ao projeto.

O primeiro episódio estreia hoje e conta com a participação do ator Albano Jerónimo, a modelo Maria Miguel, a empresária Sara do Ó e o músico Noisery. Este projeto dá continuidade à sua campanha lançada em agosto, no conceito “Ainda só viste metade”, que serviu de promoção aos seus smartphones dobráveis.

Veja na galeria imagens do lançamento da webseries:

O objetivo da campanha é “refletir sobre o caminho que a música, a arte, a moda ou o negócio ainda têm para trilhar e de que forma a tecnologia contribui de forma cada vez mais decisiva para o sucesso pessoal e profissional de cada um”, refere a fabricante no comunicado. A série tem um total de quatro episódios, destacando o que é ainda é possível fazer de novo e o caminho que a música, arte, moda ou o negócio ainda têm pela frente.

Ao longo de cada episódio, os protagonistas vão mostrar o seu lado mais intimista e reservado do seu trabalho, na respetiva área de atuação, que ao mesmo tempo é uma oportunidade “para descobrirmos a outra metade pessoal e profissional que desconhecemos”.

Veja na galeria imagens do  Samsung Galaxy Z Fold3:

Ana Oliveira, gestora de marketing e retalho da Samsung Portugal, a fabricante diz ter construído uma narrativa assente na necessidade de promover a resiliência dos portugueses, que deu origem a esta narrativa para a campanha. Além da experiencia de visualização, a Samsung deseja oferecer conteúdos que “acrescentam valor e significado à forma como devemos encarar a vida”. E a campanha centra-se no lema da Samsung de #DoWhatYouCant, através dos seus novos smartphones dobráveis.

O primeiro episódio, assim como os futuros restantes da série, pode ser assistido nas redes sociais da Samsung Portugal ou na sua página oficial.

O Galaxy Z Fold3 5G custa 1.859,9 euros para a versão de 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. E o Galaxy Z Flip3 custa 1.099,9 euros com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. As versões mais “artilhadas” custam mais 100 euros no caso do Fold3 e 50 euros no Flip3.

Veja na galeria imagens do Samsung Galaxy Z Flip3:

De recordar que a marca oferece diferentes alternativas de pagamento, entre eles estão ofertas de financiamento sem juros, assim como os programas de retoma. Há ainda o novo programa chamado Buy and Try. Este vai permitir aos utilizadores comprar o telefone e experimentar o equipamento durante 60 dias, devolvendo-o e recuperando o dinheiro se não estiverem satisfeitos.

Há outro sistema disponível para ajudar a comprar o equipamento: o programa de renting, que prevê um pagamento durante 18 meses, com uma entrada inicial de 99 euros e uma opção de upgrade a partir de 12 meses. Para quem desejar pagar em prestações, a Samsung e o Santander Consumer Finance têm a oferta de financiamento até 36 meses sem juros, para os dois equipamentos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.