Já foi anunciado oficialmente o Honor View 20, que chega no final de dezembro ao mercado chinês e, embora não tenham sido reveladas características detalhadas do smartphone, este terá equipado o novo sensor de 48 MP da Sony, o IMX586. Será o primeiro a utilizar um sensor com esta definição, o que juntamente com o poderoso processador Kirin 980, desenvolvido pela Huawei, promete uma qualidade de imagem superior às soluções atuais. Isto porque a inteligência artificial, cada vez mais integrada nos sistemas mobile, vai permitir fotografias mais definidas, sobretudo em locais com pouca luminosidade.

O lançamento do Honor View 20 abre o precedente tecnológico necessário para a evolução da qualidade das câmaras fotográficas, num período em que as fabricantes continuam a multiplicar a quantidade de sensores nos seus equipamentos, parecendo uma “árvore de Natal” repleta de ornamentos.

Honor View 20 - foto capturada com sensor de 48 MP
Honor View 20 - foto capturada com sensor de 48 MP.

Mas a Xiaomi está à espreita e tem também um modelo com um sensor de 48 MP e um sistema de flash em LED duplo. Sem qualquer detalhe, foi o próprio presidente da fabricante chinesa, Lin Bin, que mencionou na sua conta da rede social Weibo, os planos para lançamento em janeiro deste modelo. Não se sabe, porém, qual a fabricante, já que para além da Sony, também a Samsung prepara um sensor de 48 MP.

A fabricante coreana já havia revelado o sensor ISOCELL Bright GM1, sistema que, tal como a tecnologia da Sony, conta com pixels que medem apenas 0,8 micrómetros. Este oferece flexibilidade às fabricantes em optarem por módulos de câmara mais pequenos, ou aumentar ligeiramente em uma ou duas polegadas para garantir a resolução de 48 MP.

São novos terrenos a serem explorados pelas fabricantes, mas as câmaras de 48 MP serão, sem dúvida, uma das tendências de 2019.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.