Os “notches” e as molduras “bezels” parecem cada vez mais “ultrapassadas” e uma das tendências dos próximos modelos de smartphones serão os ecrãs “furados” com câmaras frontais embutidas para garantir uma maior área de imagem, o chamado ecrã infinito. Depois da Samsung e Huawei terem revelado as suas propostas, é a vez da Honor introduzir o mesmo sistema no View 20.

O smartphone foi apresentado este fim-de-semana e o Engadget teve oportunidade de o experimentar, referindo que o orifício da câmara tem 4,5 mm de diâmetro (mais pequeno que os 6 mm dos modelos concorrentes) e que está alocado no canto superior esquerdo. A publicação explica que a lente está encrustada como um “diamante” debaixo do ecrã, num sistema que a Honor refere que “o buraco não é um buraco tradicional”.

Já nas características da câmara traseira, o View 20 terá um sensor de 48 MP e será alimentado pelo sistema IMX586 da Sony. O equipamento vai também beneficiar do novo processador do seu “familiar” Mate 20 Pro, o Kirin 980, desenvolvido pela Huawei, que juntamente com o poderoso sensor da Sony vai permitir, segundo a fabricante, capturar imagens de grande qualidade em ambientes menos iluminados.

Foi ainda descrito que o Honor View 20 terá um sistema chamado Link Turbo, uma tecnologia alimentada por inteligência artificial que permite fazer downloads utilizando simultaneamente redes Wi-fi e 4G para atingir maiores velocidades. Além disso, o equipamento comuta automaticamente uma ligação Wi-fi em 4G, caso detete que a rede local tem um sinal mais fraco.

O Honor View 20 será lançado na China no dia 26 de dezembro, chegando à Europa em janeiro do próximo ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.