A Energizer surpreendeu no início do ano ao anunciar que iria expandir o seu negócio ao ramo dos smartphones, com 26 novos modelos que iriam ser revelados já na próxima edição do Mobile World Congress.

Anteriormente, a fabricante americana de pilhas já tinha mesmo apresentado um protótipo de um smartphone Android, fabricado pela empresa francesa Avenir Telecom, com uma polegada de espessura e uma bateria gigante de 18.000 mAh, a que foi dado o nome Energizer Power Max P18K Pop.

Esse mesmo protótipo foi submetido a uma campanha na plataforma de crowdfunding Indiegogo com o objetivo de atingir o financiamento de 1,2 milhões dólares (cerca de um milhão de euros) para passar à fase da sua fabricação comercial. O preço base do smartphone seria 549 dólares (489 euros) e estaria disponível para venda a partir de outubro de 2019.

No entanto, a campanha na Indiegogo revelou-se um fracasso completo, tendo terminado com um total acumulado de apenas 14 mil dólares (13 mil euros), cerca de 1% do objetivo traçado.

Tendo em conta que a campanha ficou a 99 pontos percentuais do objetivo, o dinheiro investido será agora devolvido aos investidores, sendo bastante provável que o modelo Energizer Power Max P18K Pop nunca venha a chegar às lojas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.