A marca chinesa tem conseguido um crescimento rápido nos mercados internacionais e os smartphones são a linha de produtos mais conhecidos da Xiaomi, com as linhas mi e Redmi, mas a gama de produtos inclui mais de 2 mil referências onde é central a aposta na Internet das Coisas para uma smart home, TVs, trotinetes elétricas. Em breve também os carros elétricos se vão juntar à lista e a Xiaomi já prometeu um investimento de 10 mil milhões de dólares nos próximos 10 anos.

O crescimento da gama de produtos deve-se à aliança que a Xiaomi tem feito com empresas externas, investindo em mais de 300 companhias que trazem inovação nas várias áreas, como explicou hoje Tiago Flores, o novo Country Manager da Xiaomi em Portugal, numa conferência de imprensa que decorreu esta manhã em Lisboa.

A Xiaomi já conseguiu o terceiro lugar no mercado global de smartphones, com uma quota de mercado de 25% e na Europa está na segunda posição. Os números do primeiro trimestre, partilhados para Portugal, mostram que a Xiaomi está também no segundo lugar, com uma quota de mercado de 17%, atrás da Samsung, mas em Espanha já conquistou o primeiro lugar com 35% do mercado, segundo dados da Canalys.

Em Portugal há já 11 lojas Xiaomi, geridas por parceiros, e a ambição é duplicar esse número, como adiantou o novo country manager. A equipa de gestão da marca, liderada por Tiago Flores, vai trabalhar em parceria com estas empresas, mas também alargar a presença nos retalhistas tradicionais e nos canais dos operadores, que são cada vez mais relevantes não só nos smartphones mas também em toda a linha de experiência integrada de smart home.

“Queremos ser a marca mais conectada em Portugal. Já somos no mundo e queremos ser em Portugal”, afirmou Tiago Flores, apontando como objetivo ter pelo menos 1 mi fã em cada família.

“Em 3 anos queremos estar presentes em 5 milhões de casas em Portugal”, sublinhou, referindo como meta os 5 milhões de equipamentos vendidos, 1 por casa, mas lembrando que “há mi fãs que têm 7 ou 8 equipamentos da Xiaomi, produtos que vão compondo a nossa experiência digital”.

Grande parte da linha de produtos da marca já está disponível nas lojas e o compromisso da representação em Portugal é trazer ainda mais equipamentos, também mais rapidamente. O Xiaomi Mi 11 Ultra é um dos exemplos apontados por Tiago Flores, que explica que depois do lançamento em Espanha na semana passada, o smartphone de topo de gama chega a Portugal esta semana, assim como o Mi 11i para fãs de fotografia.

Entre as novidades para as próximas semanas está também a linha Redmi Note 10 e uma nova série de TV, com a Mi TV P1 que traz pela primeira vez o Google Assistant integrado e permite controle dos equipamentos de IoT através da app Mi Home.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.