A batalha entre a Epic Games e a Apple está longe de terminar e a criadora do popular battle royale Fortnite já está a sentir os efeitos do bloqueio ao jogo na App Store. A produtora de videojogos voltou a tribunal para defender a sua posição e revelou que o número de utilizadores ativos de Fortnite em iOS registou uma queda significativa de 60% desde 27 de agosto, altura em que a quarta temporada do jogo ficou de fora nos equipamentos da empresa da maçã.

De acordo com a queixa que deu entrada no Tribunal Distrital da Califórnia do Norte, a Epic Games afirma que a retaliação da Apple vai “gerar o caos” entre a atual comunidade de jogadores de Fortnite. Ao todo, estima-se que existam mais de 116 milhões de utilizadores em iOS e a empresa sublinha que bloquear-lhes o acesso ao jogo na App Store causará danos irreparáveis.

Os mais recentes dados da consultora Sensor Tower revelam ainda que o bloqueio ao Fortnite na App Store deixou um “buraco” de 1,2 mil milhões de dólares no mercado de jogos battle royale para smartphones.

O título da Epic Games encontra-se agora na quarta posição do ranking de jogos mobile que mais receitas arrecadaram entre 1 de janeiro e 13 de agosto deste ano, gerando quase 293 milhões de dólares. A consultora detalha que, no que toca à App Store, o jogo tinha conseguido alcançar a terceira posição, com cerca de 283 milhões de dólares.

Jogos mobile que arrecadaram mais receitas entre 1 de janeiro e 13 de agosto
créditos: Sensor Tower

Nos Estados Unidos, o seu principal mercado, o jogo terá conseguido arrecadar 181 milhões de dólares. Ainda antes de sair da loja digital da Apple, o título da Epic Games gerou 177 milhões de dólares em receitas.

Jogos mobile que arrecadaram mais receitas entre 1 de janeiro e 13 de agosto nos EUA
créditos: Sensor Tower
Apple não pode bloquear Epic Games de suportar o motor Unreal na App Store
Apple não pode bloquear Epic Games de suportar o motor Unreal na App Store
Ver artigo

Recorde-se que, no final de agosto, o tribunal estabeleceu que, embora Fortnite continue bloqueado na App Store, a Apple teria de conceder acesso à Epic Games para atualizar as suas ferramentas de produção de videojogos. Porém, a decisão não é permanente e no dia 28 de setembro está marcada a audiência que poderá pôr um fim à batalha legal entre as duas empresas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.