O iOS 7 é visto por algumas empresas portuguesas de desenvolvimento de software móvel como uma recuperação da Apple face aos sistemas operativos rivais. A revolução gráfica é vista como um passo bem dado, ainda que nem todos pareçam dispostos a trabalhar de imediato na mudança.

Carlos Marcelino da Appscot considera que o iOS 7 acompanha uma tendência já adotada pelos software rivais de criar um design que destaca os conteúdos dentro das aplicações, e não a forma como estas foram desenhadas e estão programadas para trabalhar.

Alexandre Ribeiro da Eleven Systems considera que a evolução gráfica do iOS 7 acompanha a tendência mais simplista que a Google e a Microsoft têm aplicado, o que acaba por descomplicar a vida dos programadores, já que podem criar um software mais multiplataforma do que nunca. Opinião partilhada pela Appscot.

A empresa de desenvolvimento Vulco considera mesmo que o iOS 7 segue um pouco o conceito do Holo do Android, ao adotar um estilo mais limpo e simplista. Na opinião da diretora geral da LANDKA, Susana Landolt, isto acontece pois já se deu o período de adaptação aos ecrãs táteis, o que permite abandonar o conceito de grafismo de referências conhecido como skeuomorph.

[caption]iOS

[/caption]
Do lado negativo o iOS 7 traz imposições. "Pormenores estéticos, texturas, sombras e outros efeitos que tentem dar um efeito "real" aos elementos das apps" não são bem vindos, revela a Appscot. As limitações obrigam os developers a repensar todo o software, mas a empresa portuguesa já está a trabalhar na migração do Salário Líquido e está a criar uma outra app de raiz para o novo sistema operativo.

A Eleven Systems preferiu aguardar algum tempo antes de avançar para as atualizações, já que o aspeto do iOS 7 não é consensual entre todos os utilizadores. O não suporte do iPhone 3GS é também visto como um problema pela empresa nortenha, enquanto a remoção de funções obsoletas é uma tarefa obrigatória.

O Miniclip, revela João Cruz, está a trabalhar nas atualizações dos jogos 8 Ball Pool Multiplayer, Dino Pets e Mini Pets. Já a Vulco preferiu manter a aplicação que tem atualmente na AppStore, por considerar que o novo iOS 7 não coloca em causa o bom funcionamento do software já desenvolvido.

Como destaque positivo estão as novas API do iOS 7. O processamento contínuo em segundo plano torna as aplicações "mais reativas", diz a Appscot, enquanto a Eleven Systems destaca o pacote de desenvolvimento do AirDrop e do processar M7 do iPhone 5s. A Vulco também recebeu de forma positiva as referidas alterações.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.