A larga variedade de dispositivos Android parece não ter sida apelativa o suficiente para dissuadir os clientes dos aparelhos da Apple. De acordo com a Kantar WorldPanel ComTech, no quarto trimestre de 2014 foram vendidos mais iPhone do que smartphones Android no mercado norte-americano, algo que já não acontecia desde o último trimestre de 2012.

Entre outubro e dezembro do ano passado, 47,7% de todos os smartphones adquiridos em terras do tio Sam tinham a marca da maçã, um valor que ultrapassa por margem mínima a percentagem de equipamentos vendidos com o software da Google - 47.6%.

O iPhone 6, lançado em setembro de 2014, foi o smartphone com o melhor número de vendas nos EUA entre outubro e dezembro. A mesma tendência verificou-se na Europa, ainda que os valores variem um pouco: apesar de ainda ser líder com 66% do mercado, o Android viu reduzido o seu domínio em todos os mercados - com exceção do italiano - em cerca de 3,8 pontos percentuais.

O iPhone cresceu cerca de 6,2 pontos percentuais com principal destaque no Reino Unido, onde esse valor sobe para os 13,1 pontos. "Para além de o sucesso do iPhone 6 e do iPhone 6 Plus não terem precedentes, estes números também provam que a Apple tem o seu portefólio mais fortificado do que nunca", disse Carolina Milanesi, uma das responsáveis da análise.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.