O modo noturno substitui o tradicional branco como fundo por tons escuros para apresentar a informação e é ativado automaticamente assim que identifica uma alteração do ambiente.

O objetivo é eliminar o contraste de alternar entre olhar para o ecrã brilhante e para a estrada durante a noite, que pode inclusive causar perda temporal de visão.

O novo recurso faz parte da versão 4.9.0 do Google Maps para iOS, que abrangeu igualmente a possibilidade de colocar etiquetas em locais para os ver no mapa e nas sugestões de pesquisa e a edição de legendas de fotos publicadas, além da correção de alguns bugs.

O modo noturno já existe há algum tempo na versão do Google Maps para dispositivos Android, tal como a Apple garante a mesma funcionalidade na sua aplicação Apple Maps, neste caso desde que foi disponibilizada.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.