O primeiro dia de WWDC não foi apenas feito de iMacs poderosos e OS aprimorados. Na App Store, também há novidades a sublinhar. E neste caso, estão todas à vista.

Na loja de aplicações da tecnológica mudou quase tudo. Principalmente no que ao aspecto diz respeito. A partir de agora, o foco desta interface vai incidir sobre uma secção de descoberta de aplicações e sobre uma nova zona de tutoriais que vai reunir "lições" sobre como tirar o maior partido de algumas apps.

Na página de início passará a surgir um único destaque. A ideia é dar a descobrir aos utilizadores uma nova app todos os dias, abrindo uma janela de oportunidade para que os criadores possam dar a conhecer o seu trabalho a um maior número de utilizadores.

Os jogos também vão ganhar uma categoria própria, separada das aplicações funcionais. Aqui não só serão integradas as páginas de cada um dos títulos, como também trailers, vídeos de gameplay e também links para as compras disponíveis dentro de cada um dos jogos. Sim, daqui em diante, em vez de ter de vasculhar uma app para adquirir extras ou comprar novos níveis, poderá fazê-lo diretamente da App Store.

No domínio estético, a nova App Store assemelha-se muito às linhas adoptadas na Apple Music e na Apple News, por exemplo, recorrendo a elementos minimalistas para compor painéis mais limpos de informação, mas mais cheios de grafismos.

A aposta na construção de uma linguagem visual coerente é clara.

A nova App Store vai chegar com o iOS 11 durante o próximo outono. A atualização vai ser disponibilizada para o iPhone 5s e para todos os smartphones Apple que foram lançados depois deste; para todos os iPad Air e iPad Pro; para o iPad de quinta geração; para iPad mini 2 e mais recentes; e para o iPod Touch de sexta geração.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.