A Worldwide Developers Conference (WWDC 2020) começou ontem com a apresentação das novas versões dos sistemas operativos dos equipamentos da Apple, desde o iOS 14, o WatchOS 7, o iPadOS 14 e o novo macOS Big Sur, incluindo as suas principais novas funcionalidades e design.

Durante a apresentação do sistema operativo para o iPhone, a Apple reforçou os temas da segurança e privacidade nas novas funcionalidades do iOS 14, visando proteger os seus utilizadores. As novas proteções contra o rastreamento que as apps ou websites fazem aos utilizadores é uma das preocupações da empresa da maçã. Ferramentas que depois serão atualizadas em muitos dos sistemas atuais.

Apesar da versão atual já permitir bloquear aplicações específicas no acesso a dados pessoais no que diz respeito à sua localização geográfica, o novo iOS 14 vai dar a oportunidade dos próprios utilizadores partilharem essa informação. No entanto, essa partilha será feita numa aproximação geral do seu perímetro e nunca especificamente em que edifício se encontra. Dessa forma, evita-se que as aplicações ou websites tenham acesso a hábitos de consumo (como idas a shoppings ou a ginásios), mas possam manter o utilizador informado sobre o que está a acontecer no redor onde se encontra.

A transparência parece ser também a “palavra de ordem” nas próximas versões dos sistemas operativos da Apple. Nenhuma aplicação terá acesso às câmaras fotográficas e microfones dos equipamentos sem que o utilizado saiba. Para tal, no canto superior direito dos equipamentos passa a mostrar um ponto em tom laranja sempre que a câmara ou o microfone são ativados, seja por uso direto do utilizador ou em associação a determinada aplicação.

No que diz respeito aos contratos de licenciamento que a Apple estabelece com os developers, as novas regras obrigam aos mesmos discriminar que tipo de dados as suas apps pretendem recolher, sendo listado nas descrições das apps na App Store. A Apple compara estas informações à composição dos produtos que vemos no supermercado.

Há muitas outras funcionalidades que vão chegar ao iOS 14. A interação com a Siri pretende ser feita de forma menos intrusiva no ecrã. Por exemplo, os resultados aparecem agora como notificações. Destaque ainda pela facilidade em enviar mensagens de voz mais facilmente, assim como a capacidade de ditar num idioma e receber uma tradução em outra língua da forma mais natural possível, incluindo o português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.