Manter um arquivo das fotografias captadas ao longo dos anos não é fácil e a mudança de tecnologias pode complicar o processo. Agora os telemóveis assumem o papel principal como câmara fotográfica, guardando as imagens na cloud, mas há duas ou três décadas o sistemas eram baseados em filmes, com negativos que tinham de ser revelados e slides que guardavam as memórias.

Se ainda tem uma (ou várias) caixas com imagens antigas guardadas nestes suportes analógicos, a Kodak tem um equipamento que pode facilitar a transformação para ficheiros digitais. O Kodak Slide N Scan pode digitalizar imagens a cores e preto e branco para que possa as possa editar e arquivar de forma mais conveniente.

Veja as imagens

O aparelho está disponível em dois modelos, com ecrã de 5 e de 7 polegadas, mas o funcionamento é semelhante nos dois casos: basta introduzir os negativos ou slides no suporte para poder ver as imagens no ecrã. Pode ainda fazer alguma edição, ajustando cores e rodando as imagens, transformando-as depois em ficheiros digitais para guardar.

É ainda possível ligar o digitalizador diretamente à TV ou a um computador para visualizar as imagens num ecrã maior.

O Kodak Slide N Scan suporta negativos de formato 135, o mais comum, mas também 110 e 126, assim como slides de 50 mm. Dentro da caixa há adaptadores adequados para os vários formatos, para começar a digitalizar as fotos mais antigas. 

Veja o vídeo

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.