O AirCar deu esta semana mais um passo para chegar à versão comercial, completando um voo de 35 minutos entre os aeroportos de Nitra e Bratislava, na Eslováquia.  Uma viagem que, pela primeira vez, sobrevoou a capital e que, já na versão carro, terminou no centro da cidade. 

Este automóvel-aéreo tem um modo duplo, que lhe permite assumir uma configuração quando circula na estrada e uma outra quando voa. Após cada aterragem, um sistema ativado num botão faz a recolha das asas e da cauda e o AirCar transforma-se num carro desportivo em três minutos. O processo inverte-se, quando é necessário transformar o carro em aeronave.  Qualquer semelhança com a ficção científica é cada vez mais coincidência, porque o modelo começa a aproximar-se de uma versão pré-comercial. 

O voo realizado esta terça-feira permitiu concluir com sucesso a 142ª aterragem do veículo e atingir as 40 horas de voos de teste, que incluem curvas acentuadas a 45º, testes de estabilidade e diferentes manobras. Neste voo foi atingida uma velocidade de cruzeiro de 190 Km/h e uma altitude de 8200 pés.  

O Protótipo 1 do AirCar foi inventado pelos investigadores Stefan Klein e Anton Zajac, da Klein Vision. Está equipado com um motor BMW de 160HP com propulsor fixo e um pára-quedas. 

O projeto vai seguir agora para a fase de pré-produção, com uma segunda versão do protótipo, que passará a integrar um motor de 300HP e capacidade para voar a 300 Km/h em velocidade de cruzeiro. Este segundo protótipo “receberá a certificação de aeronaves CS-23 da EASA com uma licença rodoviária M1”, explicam os promotores.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.