Depois de ganhar pernas e rodas no final de junho, o rover já tem um braço robótico de 2,1 metros de comprimento. O vídeo divulgado pela NASA, mostra o braço a movimentar com facilidade uma torre de 88 libras, aproximadamente 40 kg, à medida que se desloca de uma configuração implementada para uma configuração armazenada.

As imagens foram captadas a 19 de julho, no Jet Propulsion Laboratory em Pasadena, Califórnia.

"Esta foi nossa primeira oportunidade de ver o braço e a torre a moverem-se juntos, garantindo que tudo funcionasse como anunciado, com nada a bloquear ou dificultar o bom funcionamento do sistema", disse Dave Levine, engenheiro da Mars 2020.

Em Marte, o braço e a torre vão trabalhar juntos, permitindo que o rover funcione como um geólogo humano: alcançando características geológicas, desgastando, analisando e até coletando amostras de rocha e solo que serão devolvidos à Terra por uma futura missão.

O rover Mars 2020 da NASA será lançado em julho do próximo ano, a partir da Estação da Força Aérea do Cabo Canaveral, na Flórida. Está previsto que aterre em Marte em fevereiro de 2021, sendo o local escolhido a cratera Jezero.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.