O lançamento do protótipo SN10 da Starship conseguiu cumprir o voo de teste estabelecido e aterrar sem incidente. Mas isso não impediu que o veículo explodisse passados alguns minutos, quando já se esperava ser o primeiro bem-sucedido. Ainda assim, a SpaceX mostrou-se bastante positiva com este terceiro teste de alta altitude, sublinhando que o SN10 foi capaz de ascender, fazer as transições dos propulsores e fazer a reorientação para a reentrada.

E depois, fazer a sua aterragem controlada, com os motores Raptor a serem reativados para a manobra final até tocar na base. Tudo isso pode ser visto ao detalhe no novo vídeo partilhado pela SpaceX.

“Testes de voo como o SN10 servem para melhorar a nossa compreensão e desenvolvimento de um sistema de transporte totalmente reutilizável, capaz de carregar tanto tripulação como carga, em voos de longa duração interplanetários, ajudando a humanidade a regressar à Lua, viajar até Marte e mais longe”, salienta a empresa de Elon Musk.

E apesar de preferir não mostrar a aparatosa explosão do protótipo depois de ter aterrado, a SpaceX já tem os olhos postos no SN11, provavelmente com as devidas correções para tentar cumprir o voo e manter-se intacto no final. E é o próprio Elon Musk que diz no Twitter: “O SN11 quase pronto para voar”

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.