Claro que o balão não é um balão normal e que o preço também não é tão baixo como o de uma simples passeio pelas planícies do Ribatejo, mas a opção está a ser apresentada como uma alternativa mais económica, face às propostas de turismo espacial que se têm vindo a desenhar. Ainda que o alcance da viagem também possa ter algumas diferenças...



A World View Enterprises é promotora do conceito, que se traduz na possibilidade de viajar até ao espaço numa cápsula de oito lugares, que será levantada por um balão de elevada altitude.



A cápsula é elevada a uma altura de 30 quilómetros e por aí ficará durante cerca de duas horas, até voltar à Terra. Em comparação, refira-se que os aviões comerciais voam a uma distância de cerca de 10 quilómetros da Terra, o correspondente a 40 mil pés.



Cada viagem terá um preço de 75 mil dólares por pessoa, sendo que a primeira terá lugar em 2016, embora a empresa já tenha começado a fazer testes.



A proposta não é para todas as bolsas, mas está bem abaixo do preço cobrado pela Virgin Galactic, que pede 250 mil dólares por viagem, com direito a três dias de formação e 2h30 no espaço. As viagens comerciais da Virgin Galactic iniciam-se já no próximo ano.



Para explicar melhor conceito e motivar o interesse pela proposta a World View Enterprise mostra em imagens o que quer transformar em realidade já daqui a três anos.

[caption]Nome da imagem[/caption]

[caption]Nome da imagem[/caption]

[caption]Nome da imagem[/caption]

[caption]Nome da imagem[/caption]

[caption]Nome da imagem[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.