Depois das imagens da NASA e da ESA que mostraram a redução da poluição na China, os satélites que monitorizam a Terra voltam a evidenciar outros efeitos colaterais do novo coronavírus.

Desta vez as fotografias aéreas são divulgadas pela empresa de tecnologia espacial Maxar e mostram o antes e o depois de espaços normalmente bastante movimentados, agora com muito menos pessoas.

As imagens dos “antes” remontam há uns meses, as do “agora” apenas há alguns dias, com diferenças óbvias. Os “visados” incluem atrações turísticas, de destinos religiosos a parques temáticos, mas também aeroportos, esvaziados à medida que se cancelam viagens de negócios e de lazer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.