Os auriculares sem fios são equipamentos conhecidos por serem notoriamente difíceis de reparar. Veja-se, por exemplo, o caso dos AirPods da Apple que estão desenhados para serem impossíveis de consertar sem serem completamente destruídos. Será que os recém-lançados Galaxy Buds Live da Samsung conseguem ser reparados? A iFixit decidiu pô-los à prova e revela que, ao contrário da aposta da empresa da maçã, os novos auriculares da fabricante sul-coreana conseguem ser facilmente reparados.

Ainda antes de pôr “mãos à obra” e partir para a desmontagem dos buds, os técnicos pediram, como já é costume, uma ajuda à Creative Electron para ajudar a desvendar os mistérios do equipamento através de Raio-X.

Depois de um processo de abertura mais fácil do que o esperado, os especialistas deparam-se com um pormenor curioso. Os auriculares têm um formato que faz lembrar um feijão e os internautas acabaram por dar-lhes a alcunha “Galaxy Beans”, mas não foram os únicos. A Samsung também lhes chama feijões e cada um dos buds inclui uma pequena etiqueta com a designação “Bean” e a sua orientação.

À semelhança do modelo anterior, que também passou pelas mãos dos técnicos da iFixit, os componentes exteriores dos buds não estão unidos ao equipamento através de cola, tornando o processo de abertura significativamente menos destrutivo. Além disso, a desmontagem requer apenas ferramentas simples e comuns.

Embora seja difícil de encontrar online, a bateria de 3,7 V da Varta que se encontra em cada um dos buds tem um tamanho standard, significando que pode ser substituída. Aos entusiastas das reparações DIY, os técnicos avisam que é necessário descolar cuidadosamente um driver para poder remover a bateria.

Passando para a caixa de transporte e carregamento, os especialistas encontraram uma bateria de 1,81 Wh. Recorde-se que a Samsung afirma que os Galaxy Buds Live podem ser usados continuamente por seis horas ou 21 horas com o carregamento da caixa. Em comparação, os Galaxy Buds apresentam uma autonomia de 13 horas e os Galaxy Buds Plus de 22 horas.

Pontuação de reparabilidade dos Galaxy Buds Live
créditos: iFixit

A iFixit conclui que a Samsung conseguiu fazer a “proeza” de compactar toda a tecnologia sem sacrificar a reparabilidade. Ao todo, os Galaxy Buds Live alcançaram uma pontuação de 8 em 10 na escala da empresa norte-americana.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.