A IBM criou um sistema de manutenção, reparação e operação (MRO) para maquinaria de alto valor que envolve novas tecnologias como um sistema vídeo móvel com lasers de precisão, comunicação em direto com smartphones e aplicações de realidade aumentada.

Os investigadores europeus da tecnológica norte-americana querem facilitar todos os processos que envolvem a manutenção de máquinas de sistemas críticos como da indústria aeroespacial, naval e da energia.

O MRO é constituído por um braço robótico com sensores de vídeo numa das extremidades que pode ser colocado em qualquer parte. Assim, além do técnico que está no local, o sistema transmite as imagens para um técnico que presta apoio à distância. Equipado com lasers de precisão, a ajuda "online" pode indicar qual o ponto exato ou a peça que precisa de ser reparada ou substituída, facilitando a identificação do problema.

Encontrar as máquinas também é mais simples. Um técnico à chegada de determinada empresa ou fábrica pode ler um QR Code e encontrar a localização da máquina através de um sistema de realidade aumentada. A sobreposição de informação em relação à realidade também mostra outros pontos de interesse dentro do complexo fabril e até revela a posição de outros engenheiros que possam estar em trabalho.

A partilha de informação entre smartphone e assistência técnica permite a troca de mapas, imagens e outros dados que ajudam a simplificar o processo de manutenção.

O MRO "oferece a oportunidade de os fabricantes reduzirem os custos, fornecerem conhecimento preciso e concreto e reduzirem os riscos de um engenheiro trabalhar num ambiente que apresente dificuldades", salienta em comunicado o diretor técnico da IBM para o sector industrial, Richard Lanyon-Hogg.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.