Desde o início de junho que o Canadá está a enfrentar uma das piores épocas de incêndios florestais, com milhões de hectares destruídos pelo fogo. Primeiro foram os Estados Unidos a serem cobertos por camadas de fumo intenso, que ainda assim chegou a alcançar a Noruega, com menos intensidade. Agora o Observatório da Terra da NASA mostrou imagens de satélite da chega dos fumos em força à Europa.

O fumo que está a lavrar a província do Québec no Canadá nas últimas semanas cruzou o oceano Atlântico, atingindo o Sul da Europa. As imagens de satélite partilhadas na segunda-feira permitem ver a chegada do fumo ao Norte de Portugal e Espanha, subindo para mais para Norte, no Reino Unido.

Veja na galeria imagens de satélite:

Segundo a NASA, a pluma de fumo está carregada de partículas de carbono, que viajaram cerca de 3.218 quilómetros. Os dados da densidade carbónica foram processados pelo modelo GEOS-FP da NASA, que cruza dados de satélite de avião e sistemas de observação terrestres. As observações de satélite incluem ainda os fogos e aerossóis. O sistema mede dados como a temperatura, a humidade e os ventos para projetar o comportamento da pluma.

Os fumos estão também a serem observados por uma rede de sensores terrestres designada por AERONET. A rede contém mais de 500 instrumentos fotómetros do Sol que mede a profundidade ótica do aerossol em todo o mundo. E na manhã desta segunda-feira, 26 de junho, os fumos registados em Espanha e França registaram valores acima de 0,5 AOD, em áreas cujos valores normais são de 0,1 AOD. E se o céu estiver limpo, os valores são abaixo de 0,05.

Incêndios no Canadá: Imagens de satélite mostram evolução da nuvem de fumo que está a afetar os EUA
Incêndios no Canadá: Imagens de satélite mostram evolução da nuvem de fumo que está a afetar os EUA
Ver artigo

Apesar dos registos da chegada da pluma de fumo à Europa, a NASA diz que durante a segunda-feira a qualidade do ar manteve-se regular, quando comparado com a pouco saudável qualidade das áreas afetadas no Canadá e Estados Unidos. Mas visualmente, vai ser possível notar o efeito do fumo no céu, que vai contribuir para o nascer e pôr-de-sol com tons mais vívidos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.