Em 2014 Ryan Grepper reiventou a arca térmica Coolest, que passou a ser ideal para os amantes das atividades ao ar livre que queriam tirar proveito das novas tecnologias. Na altura, o projeto bateu o recorde de crowdfunding da Kickstarter, ao alcançar os 3,34 mil milhões de dólares em apenas cinco dias, mas agora a empresa notificou milhares de pessoas que não irão receber o "gadget" que lhe foi prometido depois do seu apoio monetário, e que irão receber um reembolso máximo de apenas 20 dólares, não se aproximando sequer da metade do valor que deveriam receber.

De acordo com o The Oregon, o aviso foi dado por e-mail aos cerca de 60.000 apoiantes que não receberam o produto e que em 2014 ajudaram a financiar o projeto. Agora, a Kickstarter “culpa” a Administração de Donald Trump e o aumento das tarifas impostas aos produtos fabricados na China. O anúncio surge depois de a empresa ter vendido coolers na cyber week a 100 dólares, um desconto de 60%, que não foi visto com bons olhos na Internet.

Já em 2018, o site avançava que a empresa americana que gere uma plataforma de crowdfunding para ajudar a dar vida a projetos criativos tinha chegado a um acordo em 2017 com o Departamento de Justiça de Oregon relativamente ao valor reembolsado. E agora parece que isso se confirma.

A decisão significa que os apoiantes do projeto que não residem no Estado de Oregon e que nunca receberam o hardware vão receber no máximo 20 dólares, quando deveriam receber 200. O reembolso vai ser feito até 30 de junho de 2020, de acordo com a garantia da empresa dada no e-mail.

Nas redes sociais não demorou muito até a onda de criticas e o descontentamento surgirem.

Com a popularidade inicial do projeto, a empresa ficou rapidamente sobrecarregada e teve dificuldades em construir uma rede de fabrico. No e-mail assinado pelo inventor do projeto e a restante equipa ficamos a saber que as operações foram encerradas, depois dos muitos obstáculos que enfrentaram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.