É o sistema operativo mais utilizado em todo mundo, seja mobile ou entre as opções físicas, com uma quota perto dos 42%. O Windows, na segunda posição, ronda os 36% e o rival móvel iOS, em terceiro, está nuns longínquos 13,5%.

Embora a história do Android tenha começado efetivamente uns anos antes, só em 2008 chegou ao mercado integrado num smartphone, dando início a um percurso que o levou à liderança do mercado na instalação em equipamentos, mas também na disponibilização de apps, que hoje ultrapassam os três milhões de opções.

Em 2007, Sergey Brin e Steve Horowitz apresentavam a plataforma Android ao mundo – e em particular aos programadores

Para que se possa ter uma ideia, na estreia da loja de aplicações associada à plataforma móvel da Google, na altura Android Market, existiam 35 aplicações, um número que não deixa dúvidas em relação à evolução da plataforma nos anos seguintes.

No caminho percorrido numa década foram várias os “doces” assumidos pelo Android, hoje na versão Pie (9.0). Ao longo dos seus diferentes “sabores”, a plataforma mobile da Google foi acolhendo melhorias e inovações. Nuns casos tiveram sucesso, noutros nem por isso…

Tudo começou com o Android 1.0, que chegou integrado no T-Mobile G1, também conhecido como HTC Dream. Pouco tempo depois surgia a segunda versão estável da plataforma móvel, o Android 1.1 e, logo depois, o Android 1.5 Cupcake. Recorda-se das versões mais “emblemáticas”?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.