O novo headset de realidade virtual da Oculus ainda não está pronto. No entanto, a empresa afirma que estará suficientemente afinado em 2019, altura em que deverá chegar ao mercado. O aparelho foi revelado esta quarta-feira, num evento organizado pelo Facebook.

O modelo, a que a marca chamou Quest, vai ter dois displays com uma resolução de 1.600 x 1.440 por olho. Quando for lançado, o headset vai já contar com uma biblioteca de 50 títulos, mas a Oculus está a trabalhar para fazer chegar a esta versão, os jogos que se popularizaram no Oculus Rift.

Este gadget está em desenvolvimento há já vários anos. Anteriormente, a empresa referia-se a este projeto pelo nome Santa Cruz. A tecnológica chegou a afirmar, por várias vezes, que este equipamento seria poderoso e capaz de oferecer a experiência em RV que os consumidores têm sonhado e as promessas continuam a apontar para essa máxima.

No que diz respeito às características técnicas destes Oculus Quest, importa destacar primeiramente que se trata de um headset wireless, com seis graus de liberdade e controlo gestual integrado. Isto significa que não existirão quaisquer cabos ou sensores dispostos na sala para monitorizar o utilizador, uma vez que todos esses processos serão assegurados numa lógica "de dentro para fora". A Oculus chama a este sistema, Insight.

A Oculus assume que este equipamento vai chegar ao mercado para competir com os topo de gama do segmento. O valor base do headset, que deverá ficar disponível a partir da primavera do próximo ano, é de 399 dólares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.