Podia ser apenas mais um de muitos comícios políticos em que a chanceler alemã, Angela Merkel, participava. Mas uma ação de protesto do Partido Pirata alemão tornou o encontro da União Democrata-Cristã num momento caricato. O palco onde estavam os representantes políticos do partido foi invadido por um drone.

Foram os próprios "piratas" quem reclamaram a autoria do ato que pretendia protestar contra o sistema de videovigilância da polícia alemã. "Queríamos mostrar qual é a sensação de ser observado por um drone", disse o vice-presidente do Partido Pirata, Markus Barenhoff, à AFP, segundo o Público.

O operador da pequena nave foi pressionado pela polícia a aterrar o veículo, que acabaria por se despenhar. Segundo a Associated Press, o drone caiu a dois metros da líder germânica. Angela Merkel nunca se mostrou muito preocupada com a situação e até chegou a esboçar um sorriso perante o surgimento do drone.

[caption]Merkel Drone[/caption]

O piloto do quadricóptero foi detido, mas acabou por sair em liberdade por a polícia considerar que o homem não representava uma ameaça.

A situação acabou por levantar outras questões, relativas à segurança da líder alemã. A facilidade com que o drone chegou ao palco deixou alguns elementos preocupados, mas um porta-voz do governo alemão garantiu que a chanceler tem total confiança nos esforços que são feitos para manter a sua proteção.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.