Os telemóveis são verdadeiras máquinas tecnológicas, mas continuam a comportar muitos problemas. Um deles, que se tem sentido cada vez de forma mais intensa, é a sua rápida desatualização relativamente aos novos modelos que vão sendo apresentados. Outro problema está relacionado com a dificuldade de reparação em caso de avaria.

O empreendedor holandês Dave Hakkens quer resolver estes dois problemas e para isso criou o Phonebloks, um telemóvel cujo conceito baseia-se um pouco nos brinquedos Lego: as peças do equipamento trocam-se a bel-prazer, de forma muito simples e rápida. O seguinte vídeo explica o conceito:

"Os dispositivos eletrónicos não são desenhados para durar" é a ideia que o Phonebloks quer contrariar.

Cada componente do telefone funciona como uma peça independente, seja o processador, a memória RAM ou o sensor fotográfico. Cada bloco liga-se a uma base única que acaba por ser a peça central do dispositivo já que liga eletronicamente todos os componentes.

O projeto é open source e os utilizadores podem vir a desenvolver os seus próprios blocos de componentes.

O conceito está a ser promovido numa campanha de crowdspeaking, onde a ideia só é desenvolvida se gerar barulho social suficiente e se conseguir atingir um alcance de alguns milhares de pessoas. Atualmente o projeto já tem mais de 156 mil apoiantes - o número inicial estava definido para dez mil - e o alcance social já vai em mais de 58 milhões de pessoas.

Este conceito de smartphone também permitiria reduzir a quantidade de lixo eletrónico que todos os anos é produzida pela população mundial, fruto da constante troca de equipamentos.

O conceito de smartphone do it yourself (DIY) parece estar a agradar à comunidade. No Youtube o vídeo já conta com mais de três milhões de visualizações.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.