Nos próximos dois meses a empresa coloca nas lojas portugueses novos modelos, que se juntam a mais algumas propostas acabadas de lançar e que estendem a Portugal as novidades apresentadas pela fabricante na IFA em Berlim.



Em comum os novos modelos têm a aposta na quarta geração de processadores Intel, Haswell, nas versões i5, i6 e i7 e refletem o trabalho da fabricante ao nível do hardware e do software para criar equipamentos mais leves, mais robusto e mais rápidos no arranque.
Em conferência de imprensa, Jorge Borges explicou que os novos modelos melhoram as funcionalidades ao nível da ventoinha e dissipação de calor, redesenhando todo o mecanismo de arrefecimento, o que permitiu ganhos ao nível do consumo e do tamanho dos modelos (reduzindo ambos).



Equipamentos mais pequenos, com muita autonomia (entre 8 e 10 horas no caso dos modelos mostrados hoje pela Toshiba) e todas as opções de conectividade que os modelos de dimensões mais convencionais do segmento têm para oferecer são aspetos centrais do novo line up. São aspetos que, como explicou Jorge Borges, surgem no topo das preocupações dos utilizadores empresariais nos últimos estudos realizados pela empresa.


Os novos portáteis empresariais da Toshiba integram ainda uma tecnologia desenvolvida pela marca (Hispeed Start) que permite acelerar o arranque das máquinas, uma característica que a empresa vê como especialmente relevante para os utilizadores do Windows 7, mais lento no arranque que o seu sucessor, o Windows 8.



De sublinhar que toda a gama de portáteis profissionais da Toshiba chega às lojas com ambas as opções: Windows 7 ou Windows 8 (com exceção para o Z10t, que está equipado com Windows 8 e a partir de janeiro com Windows 8.1).



A Toshiba trabalhou ainda no reforço da robustez dos modelos, que evoluíram para um chassis construído a partir de materiais mais resistentes e mais duráveis. Um dos pontos que reflete essa preocupação é as dobradiças dos modelos, reforçadas nestas novas versões.



Na galeria de fotos pode ver detalhes sobre cada um dos modelos hoje detalhados pela Toshiba, entre produtos já à venda e equipamentos ainda por chegar. Juntam-se aos modelos mostrados em imagens o Portégè R30, sucessor do R930. O modelo, que chegará em janeiro, conta com um ecrã de 13,3 polegadas; disco SSD até 512 GB e conetividade 3G e 4G, característica comum a todos os modelos apresentados. O R30 vai pesar cerca de 1,5Kg.



A Toshiba admite grandes expectativas relativamente às vendas de equipamentos no mercado empresarial durante os próximos meses. A retoma da economia e o fim do suporte ao Windows XP são, acredita a fabricante, pretextos fortes para a recuperação do mercado.



A visão também partilhada pela IDC que estima em 185% o crescimento das vendas de produtos B2B Mobile Business até 2017. A mesma consultora indica que 30% do parque instalado nas empresas ainda usa Windows XP. Também revela que 40% deste parque instalado não é atualizado há 5 ou mais anos.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.