A um mês de comemorar 40 anos, a série Flight Simulator continua a ser atualizado com novos conteúdos. O plano do estúdio Asobe é continuar a atualizar as cidades, melhorando os cenários e arquiteturas dos seus pontos de interesse mais importantes. Em agosto, o jogo focou-se na Alemanha, atualizando cidades como Hanôver, Dortmund, Dusseldórfia, Bonn e Colónia.

A nova atualização foca-se agora do outro lado do Atlântico, no Canadá. O pack foca-se em cinco aeroportos desenhados à mão, tais como Castlegar e o Aeroporto Regional West Kootenay em British Columbia, o Aeroporto Internacional de Victoria e a Ilha de Vancouver.

Veja na galeria imagens da atualização

Além dos novos aeroportos, a nova atualização conta ainda com nove novas missões, incluindo três viagens pelo mato (Vancouver Island, Newfoundland, e as Montanhas Rochosas Canadianas), três desafios de aterragens (Castlegar, Barkerville e Calgary) e três voos de descoberta (Vancouver, Montreal e Toronto).

Como sempre, a equipa utilizou dados geoespaciais, incluindo modelos digitais de elevação, imagens de satélite e fotografia aérea. 12 regiões urbanas fora melhorados com dados de fototelemetria, assim como 87 pontos de interesse desenhados à mão.

Já em novembro, os fãs do jogo vão receber o pacote comemorativo de 40 anos e inclui diversos modelos clássicos de aviões. O estúdio está a preparar modelos como o Wright Flyer de 1903, o primeiro avião construído pelo pelos irmãos Wright; o Curtiss JN-4 Jenny de 1915, o Grumman G-21 A Goose que na verdade é um anfíbio, conhecido como barco voador de oito lugares. O Hughes H-4 Hercules, mais conhecido como o Spruce Goose, o hidroavião construído por Howard Hughes.

Ainda prestando homenagem à história da aviação, a lista fica concluída com mais três modelos históricos: o Ryan NYP Spirit of St. Louis de 1927, o Douglas DC-3 de 1935 e o Havilland DHC-2 Beaver de 1947.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.