Além de computadores, TVs, wearables e gadgets, a CES é também palco para soluções tecnológicas mais “fora da caixa” e a edição deste ano não foi uma exceção à regra. Os robots de companhia têm vindo a ganhar popularidade e, na CES 2022, destacam-se dois “tarecos” robóticos que prometem conquistar o coração de quem os vê.

Desenvolvido pela sul-coreana Macroact, especializada em soluções na área da Inteligência Artificial e robótica, o Maicat é um gato-robot que se apresenta como uma alternativa a um animal de estimação real, sendo concebido especialmente para quem não pode ter um gato em casa.

Clique nas imagens para mais detalhes sobre o Maicat

De acordo com a empresa, as câmaras e os sensores incluídos no Maicat são capazes de reconhecer não só o ambiente que o rodeia, mas também as caras dos utilizadores e os seus tons de voz, reagindo de acordo com o comportamento dos seus donos graças a um sistema de Inteligência Artificial com capacidades emocionais.

Veja o Maicat em ação

Quase à semelhança de um gato real, os “humores” do Maicat também variam e o robot pode sentir-se mais brincalhão, ou então mais cansado. Tal como explica a Macroact, as reações do robot são diversas e muitas vezes imprevisíveis, dando um toque de realismo à experiência.

Para os seus olhos, o robot dispõe de um painel OLED através do qual expressa as suas “emoções”. O seu sentido de audição também é apurado e o Maicat reage aos sons que vai captando, sendo capaz de localizar do onde vêm e de se deslocar até à sua fonte. Para uma maior interação, os utilizadores podem aceder à app para smartphone que o acompanha.

O Maicat ainda não está disponível para venda, mas a empresa tenciona lançar uma campanha de crowdfunding em breve e se sempre sonhou em ter um gato-robot, sempre pode juntar-se à waiting list através do seu website.

Um peluche que lhe dá “dentadinhas” para acalmar o stress

De opções inspiradas em felinos com um aspecto mais robótico, passamos para algo mais fofo com os peluches desenvolvidos pela japonesa Yukai Engineering.

Ao contrário do Maicat, cujo objetivo é comportar-se quase como um animal verdadeiro, os peluches robóticos Amagami Ham Ham têm um propósito, no mínimo, curioso: “mordiscar” os dedos dos utilizadores para ajudar a reduzir o seu stress.

Clique nas imagens para mais detalhes sobre os peluches Amagami Ham Ham

Com um aspecto inspirado numa linha de peluches popular no Japão, a criação pretende recriar o que algumas pessoas sentem quando estão a brincar com um animal de estimação, ou até com um bebé humano, e este lhes começa a mordiscar os dedos.

Veja como funcionam os peluches Amagami Ham Ham

À primeira vista, os Amagami Ham Ham parecem simples peluches, mas contém um sistema à base de Inteligência Artificial. A Yukai Engineering desenvolveu um algoritmo especial, ao qual deu o nome “HAMgorithm” que dão à criação vários padrões de “dentadinhas”.

Os peluches Amagami Ham Ham, que incluem uma versão para fãs de gatos, chamada Yuzu, e outra para quem gosta mais de cães, chamada Kotaro, ainda não estão à venda, mas, tal como acontece no caso do Maicat, os criadores planeiam lançar uma campanha de crowdfunding, neste caso, prevista para a primavera deste ano.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.