Em 2018, a LG deu a conhecer ao mundo a sua aposta no mundo da robótica com os robots CLOi. Desde então, o projeto tem vindo a evoluir e agora os autómatos vão ganhar uma nova profissão como “garçon” nos Estados Unidos já neste ano.

Em comunicado, a empresa explica que a nova versão dos autómatos, que toma o nome CLOi ServeBot, está preparada para navegar pelo ambiente complexo, e muitas vezes movimentado, de restaurantes, lojas e hotéis, sendo capaz de transportar quase 30 quilogramas.

Clique nas imagens para mais detalhes

De acordo com a LG, o CLOi ServeBot, que atinge uma velocidade máxima de 3,5 quilómetros por hora, dispõe de três prateleiras, cada uma com uma capacidade para aguentar até 10 quilogramas. A sua autonomia ronda 11 horas numa só carga e é possível programar o robot semi-autónomo para navegar por uma variedade de espaços interiores.

Em destaque está também um conjunto de sensores que o ajudam a navegar pelo mundo que o rodeia, incluindo câmaras 3D, sensores LiDAR e ToF. O CLOi ServeBot é também capaz de reconhecer objetos parados ou em movimento, conseguindo compreender mudanças no percurso que tem de percorrer.

Sente-se à mesa e seja servido por um robot em restaurantes no NorteShopping
Sente-se à mesa e seja servido por um robot em restaurantes no NorteShopping
Ver artigo

Para dar um aspecto mais “amigável”, o robot apresenta um par de olhos animados no seu ecrã tátil de 9,2 polegadas. Mas não é tudo: CLOi ServeBot também tem voz para interagir com os consumidores e até toca música consoante as respostas que recebe.

Recorde-se que, do outro lado do Atlântico, os robots-garçon também chegaram a Portugal. Em dezembro do ano passado, o projeto-piloto Garçon@CookBook da Sonae Sierra levou para os restaurantes no NorteShopping ajudantes robóticos que serviam às mesas.

Clique nas imagens para mais detalhes 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.