Depois de muita antecipação, ei-la: a interface da nova PlayStation 5. A Sony mostrou, esta quinta-feira, como serão os menus da sua nova consola, bem como as funcionalidades com que poderá contar para apoiar as suas sessões de jogo e entretenimento.

O software está razoavelmente distante daquilo que vimos na PS4, tanto a nível estético como funcional, mas essas diferenças são mais óbvias quando levamos em conta todas as adições feitas pela tecnológica nipónica. No vídeo de 11 minutos que publicou, a empresa fez questão de sublinhar as mais vistosas.

Para começar, o novo menu de exploração, que surge juntamente com o centro de controlo. O objetivo deste menu é quebrar algumas barreiras entre o jogo e as restantes funcionalidades da própria consola, integrado uns e outros numa experiência mais fluída do que antes. Neste espaço, vai encontrar um resumo dos conteúdos mais relevantes para a sua experiência. Aqui incluem-se notícias, atalhos rápidos para recuperar o último jogo que jogou no exato ponto em que o deixou, imagens e vídeos captados e cartões de atividade com níveis do jogo que está a decorrer. Nestes últimos, é possível ver qual a percentagem do nível que já completou, uma estimativa do tempo que demorará a terminar o nível, um botão que lhe permite saltar instantaneamente para esta parte do jogo, os objetivos que podem ser cumpridos dentro do nível, bem como imagens e vídeos que o podem ajudar a completar uma dada tarefa da aventura.

A Sony sublinha que estes conteúdos de ajuda funcionam tal como os walkthroughs que procuramos no YouTube quando estamos bloqueados em certa parte do jogo. No entanto, faz questão de sublinhar que estes guias não têm quaisquer spoilers, para que a experiência se mantenha surpreendente.

Os guias podem adotar a forma de uma imagem, de um texto ou de um vídeo e todos eles podem ser consultados ao mesmo tempo que o jogo decorre. Para tal, pode pausar o jogo ou fazer ambos em simultâneo. Para tal, há agora um novo modo picture-in-picture, que sobrepõe um conteúdo ao outro, mas é também possível vê-los lado a lado.

Em grupos com amigos, é agora possível partilhar o ecrã. Isto significa que pode abrir uma sala de conversação por chat ou áudio e ver o que os seus amigos estão a jogar, em tempo real. Tal como os guias, os ecrãs dos seus amigos também podem ser sobrepostos ao seu, pelo que poderá assistir aos jogos deles ao mesmo tempo que desfruta do seu.

Também vai poder juntar-se às suas sessões de jogo automaticamente, através do centro de controlo, mesmo estando dentro de outro título. Para tal, basta clicar no botão PlayStation durante alguns segundos, aceder ao cartão correspondente e clicar nessa opção. Em resposta, o sistema vai fazê-lo transitar de um jogo para o outro, automaticamente.

A dashboard não diverge muito daquele que temos na PS4. Aqui podemos ver os jogos, o centro multimédia, o browser, a PlayStation Store e outras aplicações. Cada uma das apps terá um espaço contextual, onde pode apresentar conteúdo adicional que surgirá automaticamente sem obrigar o utilizador a sair do homescreen. O mesmo acontecerá com a PS Store, que foi integrada no próprio sistema operativo, deixando de ser uma aplicação à parte.

tek ps5 homescreen

Em termos estéticos, para além de uma redisposição dos menus, fica evidente que a Sony optou por utilizar tons mais escuros, bem como formas geométricas mais arredondadas. A imagem ganha maior destaque face ao resto, principalmente no homescreen, onde as opções de navegação ficam arredadas para espaços secundários, de forma a não assumirem um papel de destaque nos menus onde surgem.

Recorde-se que a PlayStation 5 chega a Portugal no próximo dia 19 de novembro. A versão padrão custará 499 euros, ao passo que a edição digital terá um preço de 399 euros.

tek ps5 shutting off

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.