Antecipando em quase dois meses o lançamento do esperado Steam Deck, a Valve decidiu fazer um vídeo a mostrar o interior do híbrido consola/computador. A empresa liderada por Gabe Newell sabe que vai ser impossível impedir os utilizadores de abrirem o equipamento e espreitar o seu interior, e por isso decidiu ajudar, mostrando como fazer e que partes podem ser substituídas, neste caso o SSD e os sticks analógicos.

Ainda assim, a Valve alerta para a dificuldade em desmontar a consola, assim como o elevado perigo de a danificar durante o processo. A fabricante diz que os utilizadores não devem abrir o Steam Deck por nenhuma razão, pois ao forçar os encaixes há o risco de furar a bateria colocá-la a arder. Além disso, a eletricidade estática das mãos pode danificar permanentemente a consola. A Valve diz mesmo que qualquer dano feito à consola pela sua abertura anula a sua garantia.

Veja o vídeo oficial da Valve a desmontar o Steam Deck:

Outro alerta deixado diz respeito aos parafusos da consola, que podem ser removidos, mas correm o risco de serem danificados. E no caso de retirar os parafusos, a consola perde a sua resistência contra quedas. E para quem pretende adquirir a versão mais barata da consola, com 64 GB eMMC de armazenamento interno e pretenda aumentar a sua capacidade (no caso dos outros modelos utilizam SSDs NVMe), a Valve alerta que a consola poderá consumir demasiada energia. Esta fica ainda suscetível a sobreaquecimento, com impacto negativo em outros componentes importantes, tais como o módulo wireless devido a interferência eletromagnética.

Por isso, para aumentar a capacidade da consola deve fazê-lo de forma segura através dos cartões de memória, afirma a fabricante.

Quanto aos sticks analógicos, aqueles que a Valve deu a entender que não vão ter tanto desgaste como os da Nintendo Switch no seu vídeo de apresentação, podem ser trocados. Ainda assim, é referido no vídeo que os mesmos são fáceis de remover, mas colocar os novos é que as coisas se complicam.

Veja na galeria imagens do interior do Steam Deck:

Nos próximos meses a Valve disse que ia partilhar mais informações sobre as peças substituíveis e compatíveis do Steam Deck, onde as comprar e mais informações sobre reparações ou personalizações. Mas claro, tudo à responsabilidade dos utilizadores.

Quanto ao lançamento da consola, está prevista para dezembro, com as pré-reservas a decorrer, mas as informações indicam que devido à grande procura, poderá haver atrasos no envio das consolas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.