Foi um dia negro para a Virgin, para Richard Branson e para o segmento do turismo espacial no geral. A SpaceShipTwo desintegrou-se no ar e provocou a morte de um dos dois pilotos do veículo espacial. Os dias seguintes foram duros, como admitiu o líder da Virgin.

“Durante 48 horas não estava certo se devíamos continuar. Mas os 600 engenheiros e técnicos, e os 700 passageiros-astronautas, deixaram bem claro que o queriam”, disse em entrevista ao Mashable.

E é nessa mesma entrevista que dá novidades sobre a Virgin Galactic. A nova versão da SpaceShipTwo estará pronta em fevereiro do próximo ano e nos meses seguintes deverão ser retomados os voos de teste.

Isso significa que as estimativas da empresa de que os voos de teste seriam feitos ainda este ano não estavam certas.

Ainda não há data para o primeiro voo oficial da Virgin Galactic, que vai transportar o próprio Richard Branson e a sua família para a órbita terrestre. “Isso é algo para o qual não tenho pressa. Apenas temos de ver como tudo corre”, adiantou o fundador da empresa.

Recorde um dos vídeos que mostra a versão antiga da SpaceShipTwo a sobrevoar o planeta Terra - uma visão que será garantida a todos os passageiros que voarem com a Virgin Galactic:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.