Esta segunda-feira, ao final da tarde, foi possível observar o pico da "aproximação" entre Júpiter e Saturno e as imagens divulgadas tornam isso bastante claro. Mas ainda tem algum tempo para ver os dois planetas relativamente "próximos", já que se estão a afastar de uma forma muito lenta.

A garantia foi do Observatório Astronómico de Lisboa no final da semana passada, explicando que os entusiastas da Astronomia terão duas semanas, desde a publicação do artigo, 18 de dezembro, "uma excelente ocasião" para observarem os dois planetas, conforme Júpiter e Saturno "se aproximam e depois se afastam".

Veja na galeria as imagens da maior "aproximação" entre Júpiter e Saturno

Por enquanto, ainda estão disponíveis alguns lives no YouTube que dão conta do "namoro" entre os dois planetas: no canal CosmoSapien, StarEisLive e THEREALPAX.

Certo é que a maior "aproximação" de Júpiter e Saturno dos últimos 400 anos já aconteceu ontem a partir das 19h38. Nesse dia, Júpiter e Saturno estiveram tão próximos que um dedo mendinho à distância de um braço estendido foi suficiente para tapar os dois planetas no céu, como explicou a NASA ainda antes do pico do fenómeno.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.