Hoje começa o Verão, com o dia mais longo ano, que segundo o Observatório de Lisboa tem uma duração de 14 horas 53 minutos e 8 segundos, depois do sol ter nascido às 06:11:40 horas e de se pôr apenas às 21:04:48 horas, em Lisboa. No total são mais 3 segundos de duração do dia solar do que ontem, dia 19 de junho, e mais 1 segundo do que o dia 21 de junho, sendo que a partir daqui a duração do dia vai diminuindo progressivamente até ao Solstício de Inverno, o dia mais curto do ano, ou a noite mais longa.

O Solstício de Verão ocorrerá às 22h44min, marcando o início da estação de Verão no hemisfério norte, a estação mais quente apesar de a Terra estar mais longe do Sol na sua órbita natural. A 4 de julho a Terra atinge o ponto Afélio, que designa o momento em que está mais distante da estrela central do nosso sistema solar.

O solstício designa o ponto da elíptica do Sol, em que atinge a altura máxima e mínima, em distância angular, em relação ao equador. No solstício de Verão está na altura máxima, que em Lisboa será hoje de 75 graus. A palavra tem uma origem latina, Solstitium, e associa-se ao facto do Sol travar o movimento diário de afastamento ao plano equatorial e “estacionar” ao atingir a sua posição mais alta ou mais baixa no céu local, explica o Observatório de Lisboa.

O momento é celebrado há séculos, especialmente nos países do norte da Europa onde se agradece ao Sol pelo seu contributo para o crescimento e prosperidade. As celebrações têm como ponto central o monumento de Stonehenge, na Cornualha, onde neste dia o Sol nasce exatamente sobre a pedra principal do monumento.

Todos os anos milhares de pessoas acorrem ao local que se mantém aberto durante toda a noite para acompanhar o ocaso e o nascimento do sol, mas este ano, devido às restrições ligadas à pandemia da COVID-19 o acesso vai ser limitado, sendo feita a transmissão online.

A English Heritage, a entidade que gere os locais históricos em Inglaterra, explica que para a segurança e bem estar cancelou as celebrações do solstício de Verão deste ano em Stonehenge. O local só vai abrir novamente a visitas presenciais a partir de 4 de julho, e por isso o pôr-do-sol de 20 de Junho e do nascer-do-sol de dia 21 vão ser transmitidos online no site da organização.

Haverá duas transmissões diferentes. Esta transmissão acompanha o pôr do sol de dia 20 de junho às 21h26

Quem quiser acompanhar o nascer do sol de dia 21 pode fazê-lo também através do Live do Facebook da English Heritage a partir das 4h52.

Amanhã há também mais motivos para olhar o céu com o primeiro eclipse solar de 2020, mas que não é visível a partir de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.